Tele-Atendimento:
(62) 3223-3943
E-mail:
contato@simego.com.br
Newsletter
Inscreva-se em nossa newsletter e fique por dentro de nossas novidades.

Atualize
seus dados

Associe-se
ao Simego

2ª Via
boleto

Perguntas
Frequentes




Médicos realizam protesto contra a precarização da saúde pública 04/08/2017

Um grupo de médicos se reuniu na sede do Conselho Regional de Medicina de Goiás (Cremego), nesta quinta-feira (3), para protestar contra a precariedade da saúde pública no país. O protesto fez parte de uma mobilização nacional e em Goiás foi coordenado pelo Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás (SIMEGO) e pelo Cremego.

A manifestação teve como objetivo principal chamar a atenção dos gestores públicos e da sociedade para as mazelas do sistema público de saúde, bem como cobrar investimentos e melhorias no setor.

Outro ponto questionado pelos médicos é a falta de condições de trabalho e de respeito com os profissionais, que frequentemente são culpabilizados pelo caos da saúde pública. Entretanto, a administração pública não fornece as condições adequadas de atendimento para que seja prestada uma assistência de qualidade à população. O vemos por todo o país são hospitais e centros de atendimentos superlotados, falta de insumos, medicamentos, exames, sucateamento de equipamentos.

Para o secretário de Comunicação e Imprensa do SIMEGO, as queixas da população e dos profissionais são as mesmas. “Nós médicos estamos nos mobilizando para lutar contra a precarização do trabalho médico e também da saúde pública como um todo. A gestão transfere para o profissional a responsabilidade de sua incompetência. Quando há condições adequadas os profissionais conseguem exercer a boa medicina”, finalizou.

Compartilhe isso: